Benzodiazepinicos em situações de calamidade pioram o prognóstico de estresse pós-traumático? Fake news vs evidências científicas

Autores

  • Antônio Geraldo da Silva Pós-doutor em Medicina Molecular, Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Belo Horizonte, MG, Brasil https://orcid.org/0000-0003-3423-7076
  • Maurício .

DOI:

https://doi.org/10.25118/issn.2965-1832.2024.1248

Palavras-chave:

transtornos de estresse pós-traumáticos, benzodiazepinicos, BDZs, medicina de emergência baseada em evidências, revisão sistemática, metanálise

Resumo

@antoniogeraldodasilva-df8384 Conclusão: Os estudos revisados ​​mostraram possível efeito deletério dos BDZs quando utilizados imediatamente após um TEP. No entanto, estas conclusões basearam-se num pequeno número de estudos de qualidade metodológica fraca a moderada. 2022! Psicofarmacologia


Apresentação: Lucas Veloso

Transmissão ao vivo: RecPlay Produtora

Produção: Departamento de Comunicação da ABP

Realização: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP

Biografia do Autor

Antônio Geraldo da Silva, Pós-doutor em Medicina Molecular, Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Belo Horizonte, MG, Brasil

Maurício, .

lattes

Downloads

Publicado

23-05-2024

Como Citar

1.
Silva AG da, Maurício. Benzodiazepinicos em situações de calamidade pioram o prognóstico de estresse pós-traumático? Fake news vs evidências científicas. PABP [Internet]. 23º de maio de 2024 [citado 25º de julho de 2024];. Disponível em: https://revistardp.org.br/abp/article/view/1248

Edição

Seção

Live do Presidente

Categorias

Plaudit

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 4 5 > >>