Positividade tóxica: como pode impactar na saúde mental?

Autores

  • Ana Paula Lopes Carvalho Graduada em Medicina pela Universidade Federal Fluminense, Residência Médica em Psiquiatria no Instituto Philippe Pinel, Mestre em Psiquiatria pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP
  • Claudio Meneghello Martins Médico psiquiatra, vice-presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP e presidente da Associação Psiquiátrica Cyro Martins - CCYM

DOI:

https://doi.org/10.25118/issn.2965-1832.2023.728

Palavras-chave:

positividade tóxica, pensamentos positivos, saúde mental

Resumo

Atualmente ouvimos muito falar sobre positividade tóxica. Este termo surgiu a partir de uma ideia de que os pensamentos positivos devem permanecer apesar de qualquer outra emoção e de uma tentativa de reprimir a negativa. Qual a opinião da psiquiatria sobre a positividade tóxica? Quão prejudicial essa negativa da realidade pode ser para a saúde mental?

Biografia do Autor

Ana Paula Lopes Carvalho, Graduada em Medicina pela Universidade Federal Fluminense, Residência Médica em Psiquiatria no Instituto Philippe Pinel, Mestre em Psiquiatria pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP

Claudio Meneghello Martins, Médico psiquiatra, vice-presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP e presidente da Associação Psiquiátrica Cyro Martins - CCYM

Downloads

Publicado

09-05-2023

Como Citar

1.
Carvalho APL, Martins CM. Positividade tóxica: como pode impactar na saúde mental?. PABP [Internet]. 9º de maio de 2023 [citado 3º de março de 2024];10. Disponível em: https://revistardp.org.br/abp/article/view/728

Edição

Seção

ABP TV: programas completos

Categorias

Plaudit

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)