Políticas públicas no Brasil: história, evolução, situação e estigma

Autores

  • Rafael Bernardon Ribeiro Mestre em psiquiatria clínica forense pelo Institute of Psychiatry do King's College (London - UK). Foi coordenador adjunto na Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, do Ministério da Saúde. Foi diretor técnico do CAISM UNIFESP SPDM. Atualmente é coordenador na Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, do Ministério da Saúde. Atua na área de políticas públicas em saúde mental, gestão pública, psiquiatria forense e psiquiatria geral do adulto
  • Quirino Cordeiro Júnior Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania. Membro do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (CONAD) . Professor Adjunto do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, do qual foi Diretor

DOI:

https://doi.org/10.25118/issn.2965-1832.2020.610

Palavras-chave:

política pública, política de saúde, saúde mental, políticas públicas em saúde mental

Resumo

Os últimos anos têm sido marcados por vitórias em prol da saúde mental em decorrência das mudanças ocorridas nas Políticas Públicas em Saúde Mental no Brasil. Em 2020, a Associação Brasileira de Psiquiatria em parceria com o Ministério da Saúde, lançou o Mentalize, uma série de palestras com o objetivo de desmistificar os transtornos mentais e dessa forma diminuir o estigma. Quais as principais mudanças temos visto na atenção dada à saúde mental? Quais as principais medidas que devem ser tomadas para o oferecimento de tratamento de qualidade a todos? Quais as principais medidas devem ser tomadas para diminuição do estigma? Essas e outras questões serão respondidas no ABP TV pelos doutores Rafael Bernardon e Quirino Cordeiro.

Biografia do Autor

Rafael Bernardon Ribeiro, Mestre em psiquiatria clínica forense pelo Institute of Psychiatry do King's College (London - UK). Foi coordenador adjunto na Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, do Ministério da Saúde. Foi diretor técnico do CAISM UNIFESP SPDM. Atualmente é coordenador na Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, do Ministério da Saúde. Atua na área de políticas públicas em saúde mental, gestão pública, psiquiatria forense e psiquiatria geral do adulto

Quirino Cordeiro Júnior, Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania. Membro do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (CONAD) . Professor Adjunto do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, do qual foi Diretor

Downloads

Publicado

27-04-2021

Como Citar

1.
Ribeiro RB, Cordeiro Júnior Q. Políticas públicas no Brasil: história, evolução, situação e estigma. PABP [Internet]. 27º de abril de 2021 [citado 25º de julho de 2024];7. Disponível em: https://revistardp.org.br/abp/article/view/610

Edição

Seção

ABP TV: programas completos

Categorias

Plaudit