Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • Autores e coautores validam seus códigos ORCID na Debates em Psiquiatria. Fornecem links para Currículo Lattes e Publons, caso tenham.
  • Texto do original da submissão não contém nenhum dado de autoria. Estes dados serão fornecidos somente no formulário de submissão, não no arquivo.
  • Autores e coautores fornecem seus dados de filiação, no formulário de submissão, nesta ordem: Nome completo [sem abreviaturas], nome completo da instituição ou empresa, sigla da instituição ou empresa, cidade, sigla do estado e país.
  • O arquivo da submissão está em formato editável [Microsoft Word, OpenOffice ou RTF]
  • Todas as referências citadas incluem DOI, caso tenham. Caso não tenham DOI e se publicadas na web, incluem as URLs e datas de acesso.
  • O texto está em espaço simples; usa fonte Verdana de 14-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Requisitos Técnicos 
a) Arquivo editável, somente com o texto do original, em Word, digitado em espaço simples, fonte Verdana, tamanho 14, com páginas numeradas em algarismos arábicos, iniciando cada seção em uma nova página, nesta sequência: título, resumo e palavras-chave [em português, inglês e espanhol], texto iniciando na Introdução, agradecimentos/dados de financiamento/conflito de interesse, referências, tabelas, com respectivos títulos [ao alto] e figuras com legendas [abaixo].

b) Todos os dados sobre o(s) autor(es) deverão ser preenchidos, pelo autor depositante, no formulário de submissão do OJS, e não deverão constar do arquivo original da submissão.

c) Todos os autores deverão ser cadastrados em OJS com:

  • nome completo dos autores, sem abreviaturas
  • afiliações acadêmicas, ou institucionais, no campo Biografia do formulário, nesta ordem: nome completo da instituição/empresa, SIGLA, cidade, abreviatura do estado, país. Ex: Antonio Geraldo da Silva - Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP, Rio de Janeiro, RJ, Brasil; Universidade do Porto, Porto, Portugal.
  • O autor depositante deverá incluir coautor(es) - [um a um] - digitando nome completo, sem abreviaturas, afiliação e e-mail
  • deverá clicar, em seguida, nesta opção: enviar e-mail para solicitar autorização ORCID
  • ORCID iD não autenticado! Por favor, solicite a autenticação do colaborador.
     Enviar e-mail para solicitar autorização ORCID do contribuidor

  • quando o(s) coautor(es) validar(em) seu(s) ORCID, os demais campos serão automaticamente preenchidos com os dados do proprietário daquele ORCID
  • marcar qual será o autor correspondente

c) São aceitos originais nos idiomas português, inglês ou espanhol, desde que os títulos, resumos e palavras-chave também sejam indicados nos outros dois idiomas

d) São aceitas submissões publicadas em repositórios de preprints [SciELO, EmeRI etc.] e/ou redes sociais acadêmicas [Figshare, ResearchGate, Academia.edu etc.], desde que seja fornecido o DOI do documento publicado anteriormente nestes repositórios, sem revisão por pares

e) Marcar no formulário de submissão a opção de permissão para reprodução do material fotográfico, ou em áudio, ou vídeo, do paciente, ou retirado de outro autor, aprovando a utilização destes arquivos em periódicos científicos. É de responsabilidade do(s) autor(es) a publicação somente de imagens, áudios e vídeos, liberados para acesso público, ou com autorização expressa por escrito do(s) paciente(s). Em havendo autorização do paciente, depositar o documento adicional, logo após a submissão do original

f) Anexar, no ato de submissão, o documento de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), quando o original contiver pesquisas com seres humanos. É obrigatória a apresentação do número do protocolo de aprovação da Comissão de Ética da instituição onde a pesquisa foi realizada.

g) Anexar, no ato de submissão, um documento, assinado por todos os autores, afirmando o ineditismo do trabalho, assim como a responsabilidade pelo conteúdo enviado, e cedendo o direito de exclusividade de primeira publicação à Associação Brasileira de Psiquiatria. Todas as pessoas designadas como autores devem ter participado suficientemente no trabalho para assumirem responsabilidade pública pelo seu conteúdo. O crédito de autoria deve ser baseado somente em:

  • contribuições substanciais para a concepção e delineamento, coleta de dados ou análise e interpretação dos dados
  • redação ou revisão crítica do artigo em relação ao conteúdo intelectualmente importante
  • aprovação final da versão a ser publicada.

h) Anexar, no ato de submissão, uma foto, só de rosto, no formato JPEG ou JPG, de cada um dos autores, para que sejam publicadas no final do artigo

i) Autor depositante deverá justificar, no campo comentários ao editor, do formulário de submissão em OJS, caso o total de autores exceda a oito.

j) Não será permitida a inclusão de um novo autor após o recebimento da primeira revisão feita pelos pareceristas. Caso haja necessidade, este poderá ser nomeado na seção de agradecimentos

Forma e preparação de manuscritos
As normas da Debates em Psiquiatria são baseadas no formato proposto pelo ICMJE - International Committee of Medical Journal Editors - Recommendations for the Conduct, Reporting, Editing, and Publication of Scholarly work in Medical Journals [dezembro de 2019] - com tradução para o português em 2014

Estrutura Geral do Original a ser submetido pelo sistema OJS
1. Página inicial do original deverá conter somente os seguintes dados:
a) título do original em português, inglês e espanhol, que deverá ser conciso, porém informativo;
b) título resumido, no idioma do texto, com até 50 caracteres;
c) título deverá ser grafado em minúsculas, exceto primeira letra, nomes próprios ou siglas
e) identificar o tipo da submissão: artigo original, artigo de revisão etc. 
f) citar fonte(s) de auxílio à pesquisa ou indicação de financiamentos relacionados ao trabalho, assim como conflito de interesse e parecer CEP. Caso não haja, indicar que são inexistentes

2. Resumo e descritores:
a) A segunda página deve conter o resumo estruturado [introdução, objetivo, método, resultado, conclusão], em português, inglês e espanhol, com no máximo 250 palavras. O resumo tem por objetivo fornecer uma visão clara das principais partes do trabalho, ressaltando os dados mais significativos, aspectos novos do conteúdo e conclusões do trabalho. Não devem ser utilizados símbolos, fórmulas, equações e abreviaturas.
b) Abaixo do resumo/abstract/resumen, especificar de três (3) a cinco (5) descritores/keywords que definam o assunto do trabalho.
c) Os descritores deverão ser baseados no DeCS (Descritores em Ciências da Saúde) publicado pela Bireme.  Copie e cole seu resumo, em um dos três idiomas [português, inglês e espanhol, neste link, para selecionar os descritores mais exatos, correspondentes entre si, nos três idiomas

3. Texto:
a) Deverá obedecer à estrutura exigida para cada tipo de trabalho.
b) Abreviaturas devem ser evitadas. Quando necessária a utilização de siglas, as mesmas devem ser precedidas pelo referido termo na íntegra, por extenso, em sua primeira aparição no texto.
c) As citações devem estar referenciadas no texto, em ordem de entrada sequencial numérica, com algarismos arábicos entre colchetes, evitando indicar o nome dos autores. Se forem sequenciais, deverão ser separadas por hífen [3-5]. Se forem aleatórias, a separação deve ser feita por vírgulas [1,3,5]. Os números das citações no texto deverão ser hiperlinkados para as respectivas referências
d) Introdução: deve conter sucinta descrição da relevância do tema estudado, o objetivo do estudo e breve revisão da literatura que se relaciona diretamente com o tema em tela 
e) Métodos: deve descrever o modelo do trabalho, indicando qual o instrumento estatístico utilizado para análise dos resultados e, descrevendo os testes utilizados e o valor considerado significante. No caso de não ter sido utilizado teste de hipótese, especificar como os resultados serão apresentados
f) Resultados: deve ser apresentado de forma lógica, sequencial, clara e concisa. As tabelas, figuras e quadros devem guardar relação direta com o texto
g) Discussão: a discussão limitar-se-á aos resultados obtidos, com destaque para a concordância ou discordância com os dados presentes na literatura, ressaltar sua importância e significado destacando as limitações por acaso existentes e, se possível, quais as expectativas futuras que o tema estudado permite
i) Conclusões: apresentadas em um parágrafo, com até 10 linhas, limitando-se aos dados obtidos

4. Agradecimentos:
a) Inclui colaborações de pessoas que merecem reconhecimento, mas que não justificam a inclusão como autores
b) agradecimentos por apoio financeiro, auxílio técnico, entre outros

5. Referências:
a) A apresentação deverá estar em conformidade com o estilo Vancouver, estabelecido na página NLM's International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) Recommendations for the Conduct, Reporting, Editing and Publication of Scholarly Work in Medical Journals: Sample References. Alguns exemplos dos principais modelos são apresentados a seguir.
b) Os títulos dos periódicos devem ser abreviados de acordo com o estilo adotado na base de dados MEDLINE (www.ncbi.nlm.nih.gov/nlmcatalog/journals).
c) Devem ser numeradas consecutivamente, na mesma ordem em que foram citadas no texto 
d) Comunicações pessoais, trabalhos inéditos ou em andamento e outros trabalhos não publicados poderão ser citados quando absolutamente necessários, mas não devem ser incluídos na lista de referências bibliográficas, apenas citados no texto ou em nota de rodapé.

Exemplos de referências:
Artigo de Periódico sem DOI e sem URL
Boyer V. Ethnoterritorial reconfigurations of social conflicts: from cultural difference to political fragmentation (Brazilian Amazonia). Sociol Antropol. 2017;7:395–428.

Artigo de Periódico com DOI
Naghavi M, Abajobir AA, Abbafati C. Global, regional, and national age-sex specific mortality for 264 causes of death, 1980–2016: a systematic analysis for the global burden of disease study 2016. The Lancet. 2017;390(10100):1151–210. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(17)32152-9.

Artigo de Periódico sem DOI e com URL
Soares Filho AM, Duarte EC, Merchan-Hamann E. Tendência e distribuição da taxa de mortalidade por homicídios segundo porte populacional dos municípios do Brasil, 2000 e 2015. Cien Saude Colet. 2018. http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br/artigos/tendencia-e-distribuicao-da-taxa-de-mortalidade-por-homicidios-segundo-porte-populacional-dos-municipios-do-brasil-2000-e-2015/16900?id=16900. Accessed 11 Dec 2018.

Livro
Laranjeira R, Pinsky I. O alcoolismo: mitos e verdades. São Paulo: Contexto; 1997.

Capítulo de Livro
Cantilino A, Sougey EB. Psicofarmacologia durante a gravidez e a lactação. In: Sena EP, Miranda-Scippa AM, Quarantini LC, Oliveira IR, editores. Psicofarmacologia clínica. 3ª ed. Rio de Janeiro: MedBook; 2010. p. 575-84.

Sem autor, entrada pelo título
21st century heart solution may have a sting in the tail. BMJ. 2002;325(7357):184.

Preprints
Rupprecht C. Ready for more-than-human? Urban residents’ willingness to coexist with animals and plants. Version: 1. SocArXiv [Preprint]. [posted 2016 Jul 13; revised 2016 Dec 07; cited 2017 Feb 15]: [22 p.]. Available from: https://osf.io/preprints/socarxiv/hbcmz/

Comunicação em Congressos
Verztman, JS. Comparação entre pacientes melancólicos e pacientes portadores de lúpus eritematoso sistêmico. In: XXII Congresso Brasileiro de Psiquiatria; 2004; Salvador, BA, Brazil. Rio de Janeiro: ABP; 2004.

Dissertação, Tese e Trabalho de Conclusão de Curso
Cantarelli A. Língua: que órgão é este? [monografia]. São Paulo: CEFAC – Saúde e Educação; 1998.

Documento eletrônico com URL
American Speech-Language-Hearing Association. Ear infections (otitis media) [Internet]. [cited 2014 Sep 04]. http://www.asha.org/public/hearing/O

Publicação oficial sem DOI e sem URL
Brasil. Decreto N° 9.685 de 15 de janeiro de 2019. Altera o Decreto n° 5.123, de 1° de julho de 2004, que regulamenta a Lei n° 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - SINARM e define crimes. DOU de 15.1.2019 - N° 10-A Edição extra.

Publicação oficial sem DOI e com URL
Organização das Nações Unidas (ONU). Taxa de feminicídios no Brasil é quinta maior do mundo; diretrizes nacionais buscam solução. 2016. https://nacoesunidas.org/onu-feminicidio-brasil-quinto-maior-mundo-diretrizes-nacionais-buscam-solucao/. Accessed 1 Feb 2017.

6. Tabelas
a) Cada tabela deve ser enviada em folha separada e numeradas consecutivamente, em algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto. Devem ser auto-explicativas, dispensando consultas ao texto ou outras tabelas.
b) O título deve vir na parte superior e, abaixo de cada tabela, no mesmo alinhamento do título, devem constar a legenda, testes estatísticos utilizados (nome do teste e o valor de p), e a fonte de onde foram obtidas as informações (quando não forem do próprio autor).
c) Explicações complementares às tabelas devem ser apresentadas como notas de rodapé, identificadas pelos seguintes símbolos, nesta sequência: *, †, ‡, §, ||, ¶, **, ††, etc.

7. Figuras (gráficos, fotografias e ilustrações etc.)
a) Devem ser enviadas em folhas separadas e numeradas consecutivamente, em algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto e em formato JPG [Graphics Interchange Format]
b) Deverão estar em alta resolução, ou seja, com no mínimo 300 dpi
c) As legendas devem ser apresentadas, de forma clara, descritas abaixo das figuras
d) Os gráficos, preferencialmente, deverão ser apresentados na forma de colunas.
e) Reproduções de ilustrações já publicadas deverão ser acompanhadas de autorização
f) Serão aceitas ilustrações em preto e branco ou coloridas

8. Arquivos em áudio e vídeo
a) Serão aceitos arquivos de áudio no formato MP3, já publicados em um repositório de áudios [SoundCloud etc.]. Indicar a URL e o código embed do mesmo
b) Serão aceitos arquivos de vídeo no formato MP4, já publicados em um repositório de vídeos [YouTube, Vimeo etc.]. Indicar a URL e o código embed do mesmo

9. Análise estatística 
a) Os autores devem demonstrar que os procedimentos estatísticos utilizados foram não somente apropriados para testar as hipóteses do estudo, mas também corretamente interpretados
b) Os níveis de significância estatística (ex.: p < 0,05; p < 0,01; p < 0,001) devem ser mencionados

10. Abreviaturas e Siglas
a) devem ser precedidas do nome completo quando citadas pela primeira vez. Nas legendas das tabelas e figuras devem ser acompanhadas de seu nome por extenso. Quando presentes em tabelas e figuras, as abreviaturas e siglas devem estar com os respectivos significados nas legendas. Não devem ser usadas no título e no resumo

11. Nome de medicamentos
a) Usar sempre o nome genérico

12. Unidades
a) Valores de grandezas físicas devem ser referidos nos padrões do Sistema Internacional de Unidades, disponíveis no endereço: http://www.inmetro.gov.br/infotec/publicacoes/Si/si.htm

NORMAS PARA ENVIO DE ARTIGOS

Debates em Psiquiatria é uma publicação contínua, de acesso aberto e gratuito, da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP. Tem como missão publicar artigos de qualidade no escopo dos aspectos clínicos da Psiquiatria, especialmente nas áreas de epidemiologia clínica, saúde pública, intervenção psiquiátrica em desastres e problemas relevantes de saúde mental. Tem como foco oferecer aos associados da ABP, psiquiatras, residentes, pósgraduandos e especializandos, informação de qualidade que complemente sua atualização e educação continuada.

São aceitos para apreciação apenas trabalhos originais, em português, inglês ou espanhol, que não tenham sido anteriormente publicados, nem que estejam em processo de análise por outra revista. São aceitos preprints. Não são cobradas taxas de submissão e nem de publicação.

São aceitos artigos originais de pesquisa, comunicações breves, artigos de revisão, artigos de atualização, carta aos editores, casos clínicos e resenhas de livros. Os trabalhos que não atenderem às normas editoriais não serão aceitos para análise e serão devolvidos aos autores para que possam encaminhar novamente para apreciação, após as devidas reformulações.

Processo de revisão por pares

  • Após a verificação dos aspectos formais e legais, e da pré-avaliação e aprovação pelo Corpo Editorial, os originais serão encaminhados a dois pareceristas para avaliação por um formulário padrão, (double blind peer review), sendo assegurado o anominato durante o processo de julgamento
  • A decisão final dos editores será enviada ao(s) autor(es), juntamente com os pareceres anônimos (sugestões e/ou críticas). Nos casos em que forem solicitadas modificações, os autores deverão depositar em OJS o original revisado, com as sugestões sugeridas pelos revisores, em até 30 dias, no máximo
  • Deverão acessar a revista com sua senha, clicar no link submissões ativas, e depois na opção enviar arquivo. Deverão postar, no campo comentários, no registro de seu artigo, ponto a ponto as alterações efetuadas
  • Arquivo revisado, e os comentários, ficarão visíveis no registro do artigo para editores, que darão andamento da submissão no fluxo editorial pelo sistema OJS.

Envio do Original Para Submissão

  • Os documentos deverão ser submetidos, somente pelo sistema OJS, e não mais por e-mail
  • O autor depositante deverá se cadastrar, preferencialmente pela opção de validação de seu ORCID, clicando no link cadastro, ao alto e à direita da tela
  • O autor depositante deverá cadastrar também seus coautores, um a um, indicando seus nomes completos, sem abreviaturas, filiação e e-mails
  • Coautores também deverão validar seus ORCID. Para isto, o autor depositante deverá clicar, ao registrar cada coautor, nesta opção: enviar e-mail para solicitar autorização ORCID

Tipos de Trabalhos

  • Editorial: Comentário crítico a convite dos Editores. O texto deve conter até 900 palavras e um máximo de 5 referências.
  • Artigos Originais: Artigos destinados a comunicar resultados de pesquisa original inédita, experiências clínicas ou outras contribuições originais. O texto deve conter até 2.500 palavras (excluindo resumo e referências). No caso de trabalho experimental incluir introdução, material e métodos, resultados, discussão, conclusões e agradecimentos. O resumo deverá ter um máximo de 250 palavras e 3 palavras-chaves, incluindo uma versão em inglês. O texto deverá conter até 40 referências e no máximo 5 tabelas ou figuras. Em agradecimentos, adicionar uma breve declaração de conflito de interesses
  • Artigo de atualização/revisão: Artigos que constituem de avaliação crítica da literatura sobre um assunto atual ou relativo ao progresso da psiquiatria. O texto deve conter até 3.500 palavras (excluindo resumo e referências), resumo com 3 palavras-chaves e respectivas versões em inglês, 80 referências e no máximo 5 tabelas ou figuras
  • Casos clínicos: Trabalhos contendo dados descritivos de um ou mais casos clínicos de grande interesse e raros e que apresentem uma breve revisão da literatura sobre os aspectos clínicos e terapêuticos. O texto deve conter até 1500 palavras e 15 referências
  • Casos referentes a intervenções (diagnósticas ou terapêuticas) em seres humanos
    serão aceitos da seguinte forma: (1) Nas condições em que existir a possibilidade de o paciente assinar um termo de consentimento, esta é a documentação preferencial. Isto inclui paciente que de imediato o clínico vê interesse no seu relato e que está acessível quando da decisão pelo clínico do relato; (2) Nas condições em que o paciente não tiver a possibilidade de assinar. Isto inclui casos em que o paciente já teve alta ou está inacessível ou por alguma razão não apresenta condições cognitivas de ler ou assinar uma documentação nem seus familiares. Neste caso, duas alternativas serão aceitas: uma carta da comissão de ética do Hospital ou da Instituição na qual o médico atendeu o caso; em casos que não houver esta comissão, uma carta assinada pelo médico responsabilizando-se pela divulgação dos dados e explicitamente demonstrando que está tomando todos os cuidados para tornar o caso não identificável, trocando e omitindo dados que permitam a sua identificação
  • Conferências clínicas: Artigos a convite dos editores nos quais um ou mais especialistas da área debatem um tema de importância clínica para a psiquiatria. O debate será mediado por um ou mais editores ou outros profissionais convidados
  • Resenhas de livros: Revisão breve e crítica de livros recentes de interesse para a área da psiquiatria e que possam dar ao leitor uma visão geral da obra. O texto deve contar até 900 palavras

Editorial

Comentário crítico a convite dos Editores. O texto deve conter até 900 palavras e um máximo de 5 referências.

Artigos Originais

Artigos destinados a comunicar resultados de pesquisa original inédita, experiências clínicas ou outras contribuições originais. O texto deve conter até 4.500 palavras (excluindo resumo e referências). No caso de trabalho experimental incluir introdução, material e métodos, resultados, discussão, conclusões e agradecimentos. O resumo deverá ter um máximo de 250 palavras e 3 palavras-chaves, incluindo uma versão em inglês. O texto deverá conter até 40 referências e no máximo 5 tabelas ou figuras. Em agradecimentos, adicionar uma breve declaração de conflito de interesses.

Artigos de Revisão

 Artigos que constituem de avaliação crítica e sistemática da literatura sobre um assunto atual ou relativo ao progresso da psiquiatria. O texto deve conter até 4.500 palavras (excluindo resumo e referências), resumo com 3 palavras-chaves e respectivas versões em inglês, 80 referências e no máximo 5 tabelas ou figuras.

Artigos de Atualização

Artigos destinados a descrever informações atuais sobre tema de interesse para uma determinada especialidade, uma nova técnica ou método. O texto deve conter até 3000 palavras (excluindo resumo e referências) e 30 referências.

Comunicação Breve

Artigos originais destinados a comunicar pequenas experiências ou comunicações preliminares abordando campos de interesse para a psiquiatria. O texto deve conter até 1500 palavras sem resumo e sem palavras-chaves, um máximo de 10 referências e 1 tabela ou figura.

Cartas

Comunicações que visam a discutir artigos publicados na revista, sua linha editorial ou sobre temas de relevância científica. Os autores dos artigos citados serão convidados a responder. O texto deve conter até 600 palavras, um máximo de 5 referências e 1 tabela ou figura.

Casos Clínicos

Trabalhos contendo dados descritivos de um ou mais casos clínicos de grande interesse e raros e que apresentem uma breve revisão da literatura sobre os aspectos clínicos e terapêuticos. O texto deve conter até 1500 palavras e até 15 referências. Casos referentes a intervenções (diagnósticas ou terapêuticas) em seres humanos serão aceitos da seguinte forma: (1) Nas condições em que existir a possibilidade de o paciente assinar um termo de consentimento, esta é a documentação preferencial. Isto inclui paciente que de imediato o clínico vê interesse no seu relato e que está acessível quando da decisão pelo clínico do relato; (2) Nas condições em que o paciente não tiver a possibilidade de assinar. Isto inclui casos em que o paciente já teve alta ou está inacessível ou por alguma razão não apresenta condições cognitivas de ler ou assinar uma documentação nem seus familiares. Neste caso, duas alternativas serão aceitas: uma carta da comissão de ética do Hospital ou da Instituição na qual o médico atendeu o caso; em casos que não houver esta comissão, uma carta assinada pelo médico responsabilizando-se pela divulgação dos dados e explicitamente demonstrando que está tomando todos os cuidados para tornar o caso não identificável, trocando e omitindo dados que permitam a sua identificação.

Resenhas de Livros

Revisão breve e crítica de livros recentes de interesse para a área da psiquiatria e que possam dar ao leitor uma visão geral da obra. O texto deve contar até 900 palavras.

Homenagem

Homenagens a personalidades da área da psiquiatria

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Fonte: tradução e adaptação para a Debates em Psiquiatria

Este site é mantido e operado pela Debates em Psiquiatria.

Recolhemos e utilizamos alguns dados pessoais que pertencem a quem utiliza o nosso site. Ao fazê-lo, atuamos como o controlador desses dados e estamos sujeitos ao disposto na Lei Federal nº 13.709 / 2018 ( Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD).

Cuidamos da proteção de seus dados pessoais e, portanto, fornecemos esta Política de Privacidade, que contém informações importantes sobre:

  • Quem deve usar nosso site;
  • Quais dados coletamos e o que fazemos com eles;
  • Seus direitos em relação aos seus dados pessoais; e
  • Como entrar em contato conosco.
  1. Quem deve usar nosso site

Nosso site deve ser usado apenas por pessoas com mais de dezoito anos de idade. Portanto, crianças e adolescentes não devem usá-lo.

  1. Dados que coletamos e razões para a coleta

Nosso site coleta e utiliza alguns dados pessoais de nossos usuários, de acordo com as disposições desta seção.

  1. Dados sensíveis

Não serão recolhidos dados sensíveis dos nossos utilizadores , assim entendidos os definidos nos arts. 11 e segs. do LGPD. Assim, não haverá nenhuma recolha de dados sobre a origem racial ou étnica, convicções religiosas, opiniões políticas, filiação sindical ou organização de natureza religiosa, filosófica ou política, dados relativos à saúde ou à vida sexual, genética ou dados biométricos, quando ligado a uma pessoa natural.

  1. Cookies

Cookies são pequenos arquivos de texto baixados automaticamente para o seu dispositivo quando você acessa e navega em um site. Eles servem basicamente para identificar dispositivos, atividades e preferências do usuário .

Os cookies não permitem que nenhum arquivo ou informação seja extraído do disco rígido do usuário, tampouco é possível acessar através deles informações pessoais que não sejam do usuário ou da forma como este utiliza os recursos do site .

uma. Cookies do site

Cookies do site são aqueles enviados ao computador ou dispositivo do usuário e administrador exclusivamente pelo site.

As informações coletadas por meio desses cookies são utilizadas para melhorar e personalizar a experiência do usuário, e alguns cookies podem, por exemplo, ser utilizados para lembrar as preferências e escolhas do usuário, bem como para oferecer conteúdo personalizado.

  1. Gerenciamento de cookies

O utilizador poderá opor-se ao registo de cookies através do site se apenas desactivar esta opção no seu próprio navegador. Mais informações sobre como fazer isso em alguns dos principais navegadores podem ser acessadas através dos seguintes links:

Internet Explorer:
https://support.microsoft.com/en/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies

Safari:
https://support.apple.com/guide/safari/manage-cookies-and-website-data-sfri11471/mac

Google Chrome:
https://support.google.com/chrome/answer/95647

Mozilla Firefox:
https://support.mozilla.org/en-US/kb/cookies-information-websites-store-on-your-computer

Opera:
https://www.opera.com/help/tutorials/security/privacy/

A desativação dos cookies, no entanto, pode afetar a disponibilidade de algumas ferramentas e funcionalidades do site, comprometendo o seu correto e esperado funcionamento. Outra possível consequência de fazer isso é retirar as preferências do usuário que porventura tenham sido salvas, prejudicando sua experiência.

  1. Recolha de dados não expressamente fornecidos

Eventualmente, outros tipos de dados, não expressamente previstos nesta Política de Privacidade, podem ser coletados, desde que fornecidos com o consentimento do usuário, ou ainda que a coleta seja permitida com base em outro fundamento legal previsto em lei.

Em qualquer caso, as atividades de coleta e processamento de dados delas decorrentes serão informadas aos usuários do site.

  1. Compartilhamento de dados pessoais com terceiros

Não compartilhamos seus dados pessoais com terceiros. Apesar disso, é possível que o façamos para cumprir alguma determinação legal ou regulamentar, ou mesmo para cumprir uma ordem emitida por uma autoridade pública.

  1. Por quanto tempo seus dados pessoais serão armazenados

Os dados pessoais recolhidos pelo site são armazenados e utilizados por um período que corresponde ao tempo necessário para atingir os fins listados neste documento e que considera os direitos dos seus titulares, os direitos do controlador do site e as disposições legais ou regulamentares aplicáveis .

Uma vez expirados os prazos para armazenamento de dados pessoais, estes são retirados de nossas bases de dados ou tornados anônimos, exceto nos casos em que haja a possibilidade ou necessidade de armazenamento por determinação legal ou regulamentar.

  1. Bases jurídicas para o tratamento de dados pessoais

Cada operação de tratamento de dados pessoais deve ter um fundamento jurídico, que nada mais é do que uma justificativa que o autorize, prevista na Lei Geral da Proteção de Dados Pessoais.

Todas as nossas atividades de processamento de dados pessoais têm uma base legal de suporte, entre as permitidas por lei. Mais informações sobre as bases jurídicas que utilizamos para operações específicas de processamento de dados pessoais podem ser obtidas em nossos canais de contato, informados ao final desta Política.

  1. Direitos dos usuários

O usuário do site tem os seguintes direitos, conferidos pela Lei de Proteção de Dados Pessoais:

  • Confirmação da existência de tratamento;
  • Acesso aos dados;
  • Correção de dados incompletos, imprecisos ou desatualizados;
  • Anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados que não estejam em conformidade com as disposições da lei;
  • Portabilidade dos dados para outro prestador de serviços ou produtos, mediante pedido expresso, nos termos da regulamentação da autoridade nacional, sujeita a informação comercial e industrial classificada;
  • Eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular, exceto nos casos previstos em lei;
  • Informações de entidades públicas e privadas com as quais o controlador compartilhou dados;
  • Informações sobre a possibilidade de não consentimento e sobre as consequências da recusa;
  • Revogação de consentimento.

É importante notar que, nos termos da LGPD, não existe o direito de apagar dados tratados com base em outros fundamentos legais que não o consentimento, a menos que os dados sejam desnecessários, excessivos ou tratados em não conformidade com a lei.

  1. Como o titular pode exercer seus direitos

Para garantir que o utilizador que pretende exercer os seus direitos é, de fato, o titular dos dados pessoais objeto do pedido, podemos requerer documentos ou outras informações que possam auxiliar na sua correta identificação, de forma a salvaguardar os nossos direitos e os direitos de terceiros. No entanto, isso só será feito se for absolutamente necessário, e o candidato receberá todas as informações relacionadas.

  1. Medidas de segurança no processamento de dados pessoais

Empregamos medidas técnicas e organizacionais para proteger os dados pessoais de acessos não autorizados e situações que levem à destruição, perda ou alteração desses dados.

As medidas que utilizamos consideram a natureza dos dados, o contexto e a finalidade do tratamento, os riscos que uma eventual violação geraria aos direitos e liberdades do usuário e os padrões atualmente utilizados no mercado por empresas como a nossa.

Dentre as medidas de segurança que adotamos, destacamos as seguintes:

  • Armazenamento de senha usando hashes criptográficos;
  • Restrições de acesso a bancos de dados;
  • Monitorar o acesso físico aos servidores.

Mesmo que adotemos tudo ao nosso alcance para evitar incidentes de segurança, é possível que haja algum problema motivado exclusivamente por terceiros - como no caso de ataques de hackers ou crackers, ou mesmo no caso de culpa exclusiva do usuário , o que ocorre, por exemplo, quando ele próprio transfere os seus dados a terceiros. Assim, embora sejamos geralmente responsáveis ​​pelos dados pessoais que processamos, estamos isentos de responsabilidade no caso de uma situação excepcional como esta, sobre a qual não temos qualquer controle.

Em qualquer caso, em caso de qualquer tipo de incidente de segurança que possa gerar risco ou dano significativo a algum dos nossos usuários, comunicaremos aos afetados e à Autoridade Nacional de Proteção de Dados o ocorrido, de acordo com o disposto na Lei sobre Proteção de Dados Pessoais.

  1. Reclamação a uma autoridade supervisora

Sem prejuízo de quaisquer outros meios de recurso administrativo ou judicial, os titulares de dados pessoais que se sintam de alguma forma lesados ​​podem apresentar uma reclamação à Autoridade Nacional de Proteção de Dados.

  1. Mudanças nesta política

A versão atual desta Política de Privacidade foi atualizada pela última vez em 19 de maio de 2021.

Nós nos reservamos o direito de modificar estes regulamentos a qualquer momento, especialmente para adaptá-los a quaisquer alterações feitas em nosso site, seja disponibilizando novos recursos, seja excluindo ou modificando os existentes.

Sempre que houver uma alteração, nossos usuários serão notificados sobre ela.

10.Como entrar em contato conosco

Para esclarecer quaisquer dúvidas em relação a esta Política de Privacidade ou aos dados pessoais que processamos, entre em contato com nosso Diretor de Proteção de Dados Pessoais, através de qualquer um dos canais abaixo mencionados:

abp@abp.org.br  -  +55 (21) 2199-7500
Revista Debates em Psiquiatria
Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Rua Buenos Aires, 48 - 3º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ, Brasil
CEP: 20070-022